Páginas

2012-05-26

Green Bodhgaya



Por volta do ano 500 a.e.c. Siddharta Gautama chega a uma zona da Índia na margem do rio Falgu junto à cidade de Bodhgaya, situada no atual estado de Bihar, e aí permaneceu em meditação durante 49 dias e 49 noites até que despertou e compreendeu a verdadeira natureza dos fenómenos. A partir desse momento Siddharta passou a ser conhecido por Buddha (Buda) que significa "aquele que despertou".
Hoje, volvidos  2 500 anos,  Bodhgaya volta a ser palco de um novo despertar: o da consciência ecológica. O projeto Green Bodhgaya, cujo desenvolvimento assenta na comunidade budista internacional e está aberto a todas as pessoas de boa vontade que queiram colaborar, tem três objetivos: (1) reflorestar o estado de Bihar até que a floresta cubra 1/3 da sua superfície; (2) promover o desenvolvimento da consciência, das capacidades e do comprometimento das comunidades para tornarem seus os problemas e questões ambientais dando um sério contributo para a sua resolução e (3) promover o despertar uma consciência espiritual que, tal como na tradição dos ensinamentos do Buddha, permita o desenvolvimento de uma atitude de cuidado para com o ambiente, com o irmão humano, com os animais de modo a evitar sofrimento desnecessário e com todo o planeta.
Templo Mahabodhi
O Templo Mahabodhi (literalmente, Templo do Grande Despertar), situa-se na cidade de Bodhgaya, foi mandado erigir pelo imperador budista Akosha e, em 2002, foi considerado património Mundial pela UNESCO.
Pode contribuir com o donativo clicando aqui. Por cada 5 € doados estará a plantar uma nova árvore em Bodhgaya e a colaborar para a preservação não só do região de Bihar, mas de todo o planeta.
Para ficar a conhecer melhor o projeto Green Bodhgaya aceda ao website em www.greenbodhgaya.org.

Créditos
Foto: Mahabodhi Temple, por chaostrophy (Flickr)

Enviar um comentário