Páginas

2012-05-04

Cerca de 30 golfinhos salvos numa praia do estado do Rio de Janeiro

No passado dia 5 de março, cerca de 30 golfinhos deram à costa na praia da Prainha em Arraial do Cabo a sul do Rio de Janeiro. Os cetáceos foram prontamente assistidos pelos frequentadores da praia que os devolveram a águas mais profundas salvando assim as suas vidas.
O fenómeno, apesar de pouco comum, não é inédito e já tem sido observado noutras espécies cetáceos além dos golfinhos. Alguns cientistas defendem que a desorientação dos animais tem como causas possíveis os sonares usados em barcos de pesca, a contaminação por parasitas ou infeções, virais ou bacterianas, que afetam o sistema de navegação dos golfinhos e baleias. Os biólogos também ponderam a hipótese de que apenas um animal doente poder desorientar o grupo inteiro causando o seu encalhe me zonas de águas pouco profundas.
Desta vez o desenlace foi feliz.




Créditos
Enviar um comentário