Páginas

2012-04-28

Desmitificando estereótipos — MamaHope.org


MamaHope.org é uma instituição de iniciativa africana que visa ajudar os povos de África a saírem da crise humanitária em que se encontram. O que Mama Hope tem de inovador é que é os projetos são concebidos a partir das necessidades das populações locais.
De acordo com o seu website, Mama Hope desafia a abordagem convencional porque o seu modelo de Desenvolvimento Conectado (Connected Developement) assenta num processo consultivo que parte das bases (bottom-up) composto por três fases: Escutar, Conectar e Possibilitar (Listen, Connect and Enable).
Escutar
Os projetos são identificados pela comunidade porque as comunidades locais estão bem cientes do que necessitam. Assim, a primeira coisa a fazer é ouvir as pessoas. Mama Hope apoia a comunidade no desenvolvimento de uma proposta de projeto que conduza à implementação de uma solução específica e única que responda às necessidades da comunidade local.
Conectar
Mama Hope socorre-se de todas as ferramenta disponíveis para angariar os fundos necessários à consecução dos projetos. Os patrocinadores são múltiplos e variados e vão desde as fundações aos indivíduos sem esquecer as corporações. Também se socorrem de tecnologia, dos meios de comunicação social e do estabelecimento de ligações humanas básicas para alavancar e imprimir momento aos projetos.
Possibilitar
Os projetos suportam-se integralmente no uso de materiais e de mão-de-obra local. A abordagem "usa local" (keep-it-local) cria emprego, estimula as economias locais e reduz o impacte ambiental. A conceção centrada na comunidade e o uso de materiais locais possibilitam a operação, a manutenção e a reparação sem o recurso a assistência exterior. O resultado é um sincero sentido comunitário de dedicação e desenvolvimento, essencial ao sucesso prolongado e a uma verdadeira sustentabilidade do projeto.
Mama Hope reconhece que cada comunidade tem necessidades distintas e requer soluções únicas. Assim, o Desenvolvimento Conectado é sinónimo do estabelecimento de um balanço dinâmico entre apoio, sustentabilidade e auto-sufuciência.
Parace-me bastante pertinente que aprendamos como implementar este tipo de projetos; o modelo neoliberal ocidental sobrevive à custa de cuidados geriátricos e o futuro sustentado passa por um forte (des)envolvimento das comunidades locais e recursos locais.
Visita o projeto em MamaHope.org e clica em Gosto na sua página do Facebook.
Ah... não deixes de rever o vídeo — It makes you happy!

Enviar um comentário