Páginas

2012-11-12

Homenagem a Merkel




MARCHA DA TRISTE FIGURA

Mandai já tocar trombetas
E que rufem os tambores
Abram alas à patroa
Dos nossos governadores

Salvé, senhora do Reich
A estadista de eleição,
Chanceler da una Europa
Solidária até mais não!...

Vivestes em ditadura
E numa pobreza atroz
Mas se a culpa não foi nossa,
Porque vos vingais em nós?

Arquitecta da Europa
E do Muro Financeiro
Que divide o rico Norte BIS
Dos países sem dinheiro

Temos p'ra vos ofertar
Arte lusa da melhor
Fina faiança das Caldas
E mocas de Rio Maior

Sois arauto de agiotas
Kaiser da triste figura
Imperatriz duma Europa
Quase a cair de madura

Sois cilício calvinista
Sois comandante ariano
Desta Barca do Inferno
Com rumos de puro engano

Sois cornetim de uma Europa
Em que é cada um por si
As mordomias são caras
Ponde-vos a andar daqui!

Arquitecta da Europa
E do Muro Financeiro
Que divide o rico Norte
Dos países sem dinheiro

Temos p'ra vos ofertar
Arte lusa da melhor
Fina faiança das Caldas
E mocas de Rio Maior


Letra - Paulo Espírito Santo
Música e Arranjos - Ruben Alves
Voz - Noémia Costa
Côro - Ana Vieira, Rute Alves, Paulo E. Santo
Grav. e Mistura - Emanuel Lima
Estúdio - Audio In
Enviar um comentário